Notícias TAAG Angola

TAAG – Linhas Aéreas De Angola Integra Seis Aviões Airbus A220-300 Na Sua Frota

A TAAG – Linhas Aéreas de Angola celebrou um acordo comercial com a Air Lease Corporation (ALC) para a disponibilização em regime de leasing de seis aeronaves modelo Airbus A220-300 com entregas faseadas a partir de 2023 e durante 2024, em alinhamento com as encomendas feitas pela ALC à construtura europeia, anunciou nesta segunda-feira, dia 18 de julho, a companhia aérea de bandeira angolana. Cinco dessas seis aeronaves e têm previsão de entrega entre janeiro e julho de 2023.
(…)

NOTICIA: newsavia

serão para substituir os B737-7 e/ou aumento de frota ?

Também pensei em substituição dos B737-700, mas ao ler a notícia fiquei com a ideia que seja para expandir .

Mas não consigo perceber bem a gestão da TAAG…
Tem os dash8-400, os Boeing 777, os b737

Se for para substituir os B737 até percebo… Se for para manter, não faz grande sentido…

A gestao da TAAG faz sentido:

  • Q400 para voos domesticos e aeroportos de dificil acesso, e rotas regionais de menos procura.
  • B737-700 são muito versáteis, tanto dão para rotas domésticas que precisam de mais capacidade, como dão para rotas “regionais”, como para vir a LIS/OPO com restrições para substituir os B77W.
  • B77W para medio-longo curso e rotas com necessidade de carga.

O A223 é lógico como substituto do B737-7 (B737-7 que a ser substituidos terão à volta de 17-18 anos não são assim tão velhos).

O mais antigo foi recentemente vendio á TACV e desde Junho que faz voos das varias ilhas para LIS

D2-TBF[Boeing 737-700Aug 2006* Incident 30 Apr 2017 at SZA when the nose gear collapsed after landing* returned to service 16 Apr 2018

D4-CCI Boeing 737-700 Entered into service 8 May 2022

Saudações

1 Curtiu

Que se passou com o B757 da TACV ? Acabou o lease ?
(se bem me lembro o B757 – que tinha uma pintura muito discutivel – era alugado à Icelandair certo?)

Bom dia. O D4-CCI, pelo menos por enquanto e segundo informação que circula está em regime de Dry lease.

Bom dia,
Eram 3 os 757 com essa pintura “interessante” que estavam ao serviço da TACV/Cabo verde Airlines. Houve um desentendimento entre o estado de Cabo Verde e a dona da Icelandair e a companhia foi “re-nacionalizada”. Um desses B757 (D4-CCG) foi arrestado e até hoje está estacionado no aeroporto do Sal. Essas duas entidades já chegaram a um acordo sobre a disputa surgida e o avião deve voltar ao dono brevemente.